segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

PRA COM COM CARINHO

POEMA DE NATAL






Poema de Natal

Vinicius de Moraes


Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos —
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.
Assim será nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos —
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.
Não há muito o que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez de amor
Uma prece por quem se vai —
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte —
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.

PRA VOCE

FELIZ NATAL A TODOS

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

NEVE EM MONTREAL




MONTREAL


recebi de uma amiga essa imagem de MONTREAL tirada hoje dia 17/dez/2007

O AMOR


Não quero perder a poesia, justificado pelo tempo... Ela pode mudar rimas e versos... Mas tem o seu lugar... A poesia do tanto querer, do gostar... De apenas se confirmar um amor... Ele fica mais maduro com o tempo... Nasce pleno a cada manhã... Com reflexos dourados de carinho... Porque esse tempo permite que se conheça melhor o outro... Aprimora os sentimentos... Aguça os toques... Conhece a geografia do corpo... Percorre estradas, montes... Mas, se enfeita sempre de maneira diferente... Olhos sorrindo... Não quero deixar de falar baixinho... Palavras entendidas... Incompreensíveis... Sentidas... Expressões de amor... De gritar o prazer... De assim ser: sua! Uma linha pode ser poética, porque se teve a intenção ... Ela advém do sentimento... Do momento... Do coração... Não se pode perder a poesia do amor... Porque o próprio amor é um lindo poema... Versos da aceitação... Versos dos toques, Versos ilimitados do tempo... De duas vidas se faz uma única... Vida plena... Vida de lutas, Na poesia do tempo... Num bailar do poema escrito pelo coração:
O AMOR!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

TUDO É RELATIVO



Fim de tarde, um ginecologista aguarda
sua última paciente que não chega.
Depois de 45 minutos, ele supõe
que não virá mais e resolve
tomar um gin tônica
para relaxar antes de voltar para casa.

Ele se instala confortavelmente
numa poltrona e começa a ler o
jornal quando toca a campainha.
É a paciente que chega toda
sem graça e pede desculpas pelo atraso.- Não tem importância,
imagine - responde o médico.

- Olhe, eu estava tomando
um gin tônica enquanto a esperava.
Quer um também para relaxar?
- Aceito com prazer - responde
a paciente aliviada.Ele lhe serve um copo,
senta-se na sua frente
e começam a bater papo.
De repente ouve-se
um barulho de chave na porta do consultório.
O médico tem um sobressalto,
levanta-se bruscamente e diz:
- Minha mulher! Rápido,
tire a roupa e abra as pernas!

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

guilherme e santiago - loucuras de amor




loucuras de amor

Como esquecer tanto amor by Rick e Renner




lindo

VIDA.......

A vida é tão simples de ser, estar e viver...
Quem a complica sou eu...
é você Nossas escolhas, nós bem a fazemos...
Nossas vitórias, nós as buscamos,
Nossas derrotas, nós as permitimos...
Nossos amores, nós os conquistamos
E as perdas, nós facilitamos...
Porém, com elas nos fortalecemos.
A força interior está em nós.
Só a perdemos, quando fraquejamos...
O amor é o sentido de tudo ao nosso redor...
Em nossa caminhada, nunca estamos sós!
Não coloca no outro, a culpa das tuas falhas!
Segue em frente.
Luta, chora, reconquista,
E vencerás a batalha!
A batalha da vida, desencadeada por nós.
Lembra-te sempre: quem AMA respeita.
E assim sempre te sentirás feliz!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Os versos que te dou


Os versos que te dou Ouve estes versos que te dou, eu os fiz hoje que sinto o coração contente enquanto teu amor for meu somente, eu farei versos...e serei feliz... E hei de faze-los pela vida afora, versos de sonho e de amor, e hei depois relembrar o passado de nós dois... esse passado que começa agora... Estes versos repletos de ternura são versos meus, mas que são teus, também... Sozinha, hás de escuta-los sem ninguém que possa perturbar vossa ventura... Quando o tempo branquear os teus cabelos hás de um dia mais tarde, revive-los nas lembranças que a vida não desfez... E ao lê-los...com saudade em tua dor... hás de rever, chorando, o nosso amor, hás de lembrar, também, de quem os fez... Se nesse tempo eu já tiver partido e outros versos quiseres, teu pedido deixa ao lado da cruz para onde eu vou... Quando lá novamente, então tu fores, pode colher do chão todas as flores, pois são os versos de amor que ainda te dou. (Poema de JG de Araújo Jorge do livro "Meu Céu Interior" – 1934)

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

SENSUAL



Sensual


Há diferença entre o vulgar e o sensual
O vulgar trata friamente dos assuntos que o sensual mostra com romantismo,
com amor e com paixão.
Sou romântica sim,
Sensual sim,
Apaixonada sim,
vulgar, jamais!
Acredito no namorado que traz flores,
jantar à luz de velas,
dançar de rosto coladinho...
Ouça a música que toca!
Pode perceber?
É o amor, que fala através dela
É isso que trago na minha alma...
Desculpe se te ofendo quando falo de amor...
Desculpe se as imagens são sugestivas...
O amor é sugestivo mesmo, e não fui eu que inventei o amor, juro que não!!!
Perdão se te ofendo porque amo!
Perdão, mas acho que vou continuar ofendendo...
Não sei ser de outro modo.
Não sei...

NAMORAR........







Nunca poderia eu imaginar
Que aqui a navegar
Pudesse um dia
Aqui...minha alma gemea encontrar
Foram tantas minhas buscas
E eu pensando que viveria a sonhar
O meu amor amado
Eu não iria encontrar
Em uma noite numa salinha
Com você pus-me a brincar
Sentindo ja ha muito te conhecer
Sentindo ja de em minha vida vc estar
Aos poucos fui te conhecendo
E quando me deu conta ja estava a te amar
Meu anjo...meu grao de amor
Um amor eterno comecei a viver e sonhar
Você é a saudade do que julgava não existir
Você é o meu sonho de amor a se realizar
E por toda minha vida
Meu anjo eu vou te amar


sábado, 1 de dezembro de 2007

only reminds me of you




linda

minhas musicas e videos




o que mais gosto